Páginas

14 de jul de 2012

Delírio- Lauren Oliver*




“Eu amo você. Lembre-se. Eles não podem tirar isso de nós.” Delírio- Lauren Oliver.

Olá povo! Como estão as leituras? Bem, se estiverem a fim de ler um livro muito bom, vou dar uma dica.
Tive a oportunidade de ler esse mês Delírio da Lauren Oliver e gostei muito. Gostei mesmo! Primeiramente porque a autora escreve muito bem, e depois porque a ideia da história é muito boa e me deixou querendo mais e mais...

Vocês amam. Eu amo. Nós amamos muitas coisas todos os dias. Amamos nossos pais, nossos irmãos (às vezes =p), nossos amigos.... Amamos muito. Amar é muito normal para nós. Agora, imagine se, de repente, amar fosse proibido. Imagine um mundo em que o amor fosse considerado uma doença e precisasse ser curado... Imaginou? Seria horrível não é? Pois essa é a ideia de Delírio.
O livro nos conta a história de Lena, uma adolescente tímida e normal que vive em Portland e está prestes a completar 18 anos. E ela sabe o que a espera assim que chegar nessa idade: Lena vai passar por um procedimento cirúrgico que vai curá-la da doença chamada amor deliria nervosa.  Ela está ansiosa, mas deseja isso. Todos os jovens passam pelo procedimento que foi implantado no país há cerca de 64 anos e livrou todos os habitantes de contraírem a terrível doença do amor. Esse é o mundo de Lena. Um mundo, cercado por muros e cercas eletrificadas, onde as emoções são controladas, e sempre há uma patrulha andando pela rua em busca de alguém que demonstre o menor sinal de ter contraído a doença: rir muito, abraçar alguém sem motivo, dançar, cantar... Qualquer sinal e a pessoa é presa e levada para uma avaliação.
What? Isso mesmo, amar é doença e tem cura. 

Mas mal sabe Lena que nem todos foram a favor de exterminar o amor... Muitos resistiram e desta forma foram chamados de Inválidos, os habitantes das Selvas que existem depois dos muros de Portland.  Pessoas que volta e meia se manifestam contra a terrível ideia de transformar o amor em doença. Quando Lena conhece Alex, um misterioso “curado”, ela descobre que os Inválidos não são uma lenda e que amar, pode ser uma doença maravilhosa...

ai, o amor... 

O livro tem 342 páginas, e traz um trechinho da sequencia, Pandemônio no final. A capa, lindíssima e em tom metalizado, é trabalho da editora Intrínseca, que a gente adora! Cada capítulo traz também, no início, trechos do Shhh (Suma de hábitos, higiene e harmonia), livro que todos os habitantes devem ler e as crianças devem aprender ainda na escola para evitar contrair o Amor Deliria Nervosa.

Delírio foi uma surpresa boa que tive entre minhas leituras. A ideia de o amor ser considerado uma doença faz com que a gente se imagine no mundo de Lena, tendo que viver da forma que ela vive: controlada, fria e sem gosto. Um mundo morno. Você consegue se imaginar sem amor? Sem amar? Eu não. E é por isso que o livro é tão bom... Nós torcemos para que Lena contraia a “doença”, para que ela sinta o que a gente sente todo dia e que faz o nosso mundo valer a pena: amor.

Abraços e boa leitura!

Blair

*esta resenha foi feita por mim para o site Foforks, podem conferir lá também!!!

3 de jan de 2012

Lidos em 2011

2011 foi um ano de muitas realizações pessoais. Tudo que eu busquei, eu consegui! Mas, foi também um ano que li um pouco menos em virtude da falta de tempo, mesmo, (vontade de ler, nunca falta). Foram 53 livros lidos, contra os 7o e poucos do ano passado. Romances sobrenaturais, tramas policiais, ficção científica, romance de banca, livros de história, aventura, clássicos. Foi um ano eclético! Em 2011 também ganhei muito livro (e comprei) e agora tô com a estante cheia de pré-leituras. Espero dar conta de todas!

O que eu indico?

- Dos policiais, destaco a admirável Tess Gerritsen (pelo segundo ano consecutivo!) e a apaixonante Chelsea Cain com sua psicopata, Gretchen Lowell em Coração Apaixonado e Coração Maligno, (série);

- Dos romances contemporâneos, (com uma pitada de policial), dou aval pra Nora Roberts, (como ela mesma e como J.D. Robb) com Pureza Mortal e Imitação Mortal (série), e também Julie Garwood com A Próxima Vítima;

- Dos romances-adolescentes-sobrenaturais indico a jovem e promissora Cassandra Clare com Cidade dos Ossos e Libba Bray com Anjos Rebeldes;

- Dos clássicos, o que mais gostei foi O Morro dos Ventos Uivantes, (sim, eu nunca havia lido). Achei o livro triste, melancólico, transbordando rancor e ódio. E um amor feito de todos estes sentimentos juntos =)

- Dos livros de banca gostei muito de um da Deborah Hale que li no finalzinho do ano chamado Território sem fronteiras.

A lista completa dos lidos:
  1. Dexter no Escuro- Jefrey Lindsay
  2. Se Houver Amanhã- Sidney Sheldon
  3. Mensageira do Amor- Diana Palmer
  4. Sussurro- Becca Fitzpatrick
  5. Xochinquetzal- Gerson Lody Ribeiro
  6. Corpos Frágeis, mulheres poderosas- María Martoccia e Javiera Gutiérez
  7. O Morro dos Ventos Uivantes- Emily Brönte
  8. Ponto de Impacto- Dan Brown
  9. Anjos e Demônios- Dan Brown
  10. Contos de Beadle, o Bardo- J. K. Rowlling
  11. O Símbolo Perdido- Dan Brown
  12. Um Conto Árabe- Penny Jordan
  13. Caçador de Corações- Marg McBride
  14. Cidade dos Ossos- Cassandra Clare
  15. O Imperio Bizantino- Hiláro Franco Junior
  16. A Bela e o Barão- Deborah Hale
  17. O Mundo Mágico do Antigo Egito- Christian Jaqcs
  18. Spirit Bound- Richelle Mead
  19. Pés  Nús sobre a Terra Sagrada- T. C. McLuhan
  20. Persuasão- Jane Austen
  21. Um Homem Invencível- Pat Tracy
  22. Os Índios Norte-Americanos, 3 séculos de luta e opressão- José Antonio Sola
  23. Gritos do Passado- Camilla  Läckberg
  24. Estados Unidos, a formação da Nação- Leandro Karnal
  25. Gravidade- Tess Gerritsen
  26. O Dominador- Tess Gerritsen
  27. A Próxima Vítima- Julie Garwood
  28. Coração Apaixonado- Chelsea Cain
  29. Desaparecidas- Tess Gerritsen
  30. Tentação no Deserto- Susan Mallery
  31. Anjos Rebeldes- Libba Bray
  32. Coração Maligno- Chelsea Cain
  33. Pureza Mortal- J. D. Robb
  34. O Clube Mefisto- Tess Gerritsen
  35. Questões do Coração- Emily Giffin
  36. O Coração do Dragão- Sharon Schulze
  37. Azincourt- Bernard Cornwell
  38. Cidade das Cinzas- Cassandra Clare
  39. Garota Apaixonada em Apuros- Carolina Estrella
  40. Dance Upon the Air- Nora Roberts
  41. Convite para um homicídio- Agatha Christie
  42. Escuridão- Elena P. Melodia
  43. O Orgulho de Jared MacKade- Nora Roberts
  44. Sombra- Elena P. Melodia
  45. O Ramalhete- Ana Eufrosina de Barandas
  46. Pecados sagrados- Nora Roberts
  47. Nefertiti e Akhenaton, o casal solar- Christian Jaqcs
  48. O Atlas Esmeralda- John Stephens
  49. Lua Azul- Alyson Nöel
  50. Território sem fronteiras- Deborah Hale
  51. Emma- Jane Austen
  52. Corações Indômitos- Ruth Langan
  53. Imitação Mortal- J.D. Robb

    E vocês, o que leram em 2011?