Páginas

22 de fev de 2011

Maratona de Banca: Fevereiro- Protagonista Estrangeiro



Um Conto Árabe- Penny Jordan 

(The Sheikh’s Virgin Bride) Julia nº 1256


Uma doce descoberta...

Petra foi prometida pelo avô ao rico e cobiçado sheik Rashid. Mas a intenção dela é evitar a qualquer custo o casamento, nem que seja preciso prejudicar sua própria reputação para que o sheik não a aceite como esposa. Petra, então, pede ajuda a Blaize, um homem extremamente charmoso e atraente que está hospedado no mesmo hotel que ela.
Blaize concorda em fingir que é namorado de Petra e, com isso, ajudá-la a manter o sheik Rashid a distância e a livrar-se de um casamento indesejado. Mas a situação se complica quando Petra não resiste aos encantos masculinos de Blaize e se a ele... para logo fazer uma descoberta surpreendente: Blaize é, ninguém mais, ninguém menos, que o homem que ela deveria desposar... o sheik Rashid!

Petra é uma  linda, inteligente e blá, blá, blá,  jovem herdeira de um império, que está prometida por um casamento arranjado a um sheik todo poderoso- que não conhece- e que também é dono de um império.  Totalmente infeliz com o arranjo, a pobre Petra resolve manchar sua reputação, na esperança de que o tal sheik lhe dê um pé na bunda e ela possa continuar pelo mundo procurando um amor verdadeiro que lhe dê flores, romance e Paris.  Para tal, ela contrata o serviço de um professor de surf lindo e gostoso que tá dando mole na praia em que está hospedada para ajudá-la no plano. Então, a coitadinha da Petra que não quer o Sheik, se apaixona pelo professor. Óbvio. 
E é óbvio, que o tal professor é o tal do sheik. *Penny Jordan, original como sempre, cof, cof, cof* 
E também é obvio que ela vai descobrir. E vai ficar bem indignadinha. 
Porque razão Rashid enganou ela, é mais um daqueles mistérios masculinos. E porque razão ela não se jogou nos braços dele  depois, mesmo estando total apaixonada, é mais um. É a ladainha de sempre: você me enganou e etc, etc, etc. 
Não gostei. O livro é chato do começo ao fim, Petra é bobinha e se eu fosse Rashid teria mesmo dado um chute nela. Não vale a leitura. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça uma pessoa feliz e comente esta postagem!
Saber a opinião de um leitor é muito importante pra que a gente saiba se o blog está legal ou não =)