Páginas

13 de dez de 2011

Tirando o pó e abrindo a janela!

Oi gente linda, inteligente, fashion e tudo de bom!
Então, como estão?
Eu tô bem. Sumida, mas viva. Cansada, mas bem.
Olhando pro Arabesque agora, doeu o coração de ver o pobrezinho abandonado por tanto tempo e eu resolvi chacoalhar e tirar o pó como prometi outro dia. Nunca tarde para começar.
Então, por onde?
Talvez atualizar vocês sobre a minha vidinha boring. Prometo que vai ser rapidinho. O que eu fiz em 2011?
Primeiramente, parei de dançar. Dei um pause, na verdade ainda lá em fevereiro. Por quê? Porque 2010 havia sido um ano pesado - trabalho, facul, família, dança -  e eu estava cansadíssima, física e emocionalmente. Com o coração na mão, eu decidi dar um tempinho. Mas vai ser inho mesmo, porque já tenho planos pra em 2012 voltar a ferver o quadril!!!! Nada que eu deseje mais =)
Segundo, em relação aos estudos eu continuo feliz e realizada com a minha faculdade. Ainda mais agora que minha profissão foi reconhecida e eu serei sim, Historiadora (sente que lindo!), assim que eu me formar. Foi um ano puxado, com muitos trabalhos, mas de grande aprendizado. Fiz duas viagens "de campo" com uma disciplina chamada História do Rio Grande do Sul e AMEI!. Agora, estou me preparando psicologicamente para iniciar os estágios. Vamos ver o que dá!
Sobre família, amor e outras drogas hehe tudo certo. Um pouco tenso em alguns momentos, mas que família não se pega no pau de vez em quando né? Se a sua não, me conta como é a mágica. 
Lí menos do que no ano passado (uns 20 livros a menos pelos meus cálculos), mas tô no lucro. Obviamente, livros ainda são minha paixão mor e um dos primeiros planos de 2012 é comprar uma estante nova, porque a que tenho hoje não tem mais lugar nenhum. Aliás, a coitadinha tá meio capenga com o peso. Nem sei se dura! Ganhei muuuuuito livro esse ano. Coisa boa! Pra quem quiser conhecer meus bebês, estão lá na estante do Skoob! Ah, ainda tô resenhando livros lá pro lindo do Foforks. Quem estiver afim de umas dicas de leitura, passa lá!
Que mais? Mudei de emprego 2 vezes, mas isso tá ok já é rotina. Fiquei sem internet durante uns 4 meses, também. Foi tipo, uma limpeza. Pena que já tô poluída outra vez. É a vida, fazer o que. Agora no final do ano rolou uma conjuntivite que me deixou duas majestosas semanas em casa. Também faz parte. 
A última? Deixa ver... Ahm, fui assistir Amanhecer parte 1 esse último final de semana e chorei horrores. Quem me conhece sabe o quanto eu amo a série (de coração mesmo) e super desejo um dia casar com a Kristen-sua-linda, (gente, amor é uma coisa séria, vou te contar...). Primeiro projeto de ferias é reler a série toda e ter uma crise depressão pós-livro básica, outra vez =p

Ah, claro, também tratei de me divertir muito. Tudo, menos esquecer isso!

Viram, nada demais! Vidinha corriqueira e normal.
E vocês? Que me contam? 
Próximo passo agora, é dar uma voltinha pelos meus blogs favoritados e ver o que todo mundo andou fazendo =) 



Provavelmente, muito mais interessante do que eu!

28 de abr de 2011

Maratona de Banca 2011- Abril: Sheik


Tentação no Deserto- Susan Mallery

The Sheikh and the Virgin Princess- Julia 1230, Nova Cultural- Harlequin

Quando Zara Paxton se aventurou no distante deserto da Bahania, tudo o que ela queria era encontrar o pai que nunca conhecera. E acabou descobrindo que era filha de um poderoso monarca, que logo tratou de colocá-la sob a proteção de um guarde-costas: um musculoso e atraente sheik, que despertou desejos e fantasias desconhecidos para a inexperiente Zara... e que recusava-se
a saciar seu desejo!O impetuoso Rafe Stryker desprezava o amor duradouro e amava aventuras. Mas Zara entrou sorrateiramente no seu coração e o fez desejar, de uma maneira aredente, experimentar sua doçura...Era claro que a inocente princesa queria ser sua mulher! Mas possuí-la equivalia uma traição ao reino. Ainda assim, nem mesmo um sheik poderia aguentar tamanha tentação...

Zara Paxton é a princesa perdida bem no estilo “cresci a vida inteira sem saber quem era meu pai e, de repente, ops, ele é rei.’’ Rafe Stryker é um sheik tudo de bom, que trabalha para a família real da Bahania e de uma hora para a outra, se vê obrigado a bancar o guarda-costas da nova herdeira.

Zara é uma chata de galocha do começo ao fim. SEm sal, sem açúcar quem dirá manteiga. Seu passatempo preferido é ficar choramingando e dizendo “eu sou feia” tendo o coitado do Rafe logo atrás consolando-a e dizendo “não é não”. Ah, ela também não acha certo ter muito dinheiro. Nem roupas caras, nem nada de luxo. Porque né, ela foi criada na humildade.
Todo meu respeito para o Rafe que soube aguentar a bendita da mulher e no final ainda ficar com ela. Eu dele, dava um chute e ia atrás de outra menos choramingona.
O livro faz parte de uma série do qual eu já lí outro, (deve ter a resenha aqui, aliás), "Nas Areias do Deserto" que conta a história da irmã de Zara e filha legítima do rei, a princesa Sabra. Os dois são meia-boca, mas "Tentação no Deserto" consegue ser beeeeem mais chatinho.

24 de mar de 2011

Maratona de Banca 2011- Fevereiro: Nem tudo é o que parece


A Bela e o Barão- Deborah Hale

Clássicos Históricos, 184- Beauty and Baron (2003)

Poderia ela derrotar a escuridão e trazê-lo de volta à vida ?

Lorde Lucius Daventry voltara da guerra com o rosto desfigurado por causa de um tiro e decidira viver em reclusão. Mas ao saber que seu avô estava à beira da morte, propõe um noivado fictício à sua vizinha, Ângela Lacewood, para satisfazer a última vontade do seu avô.
Tudo era para ser um mero acordo, mas a paixão avassaladora que invadiu seu peito estava sendo difícil de ser represada. Lucius sabia que não podia abrir seu coração para Ângela; afinal, o que uma mulher tão bela iria querer com um homem como ele?
.
Eu gosto muito dos livros da Deborah, por isso, quando fui escolher o livro do mês e ví que seu A Bela e o Barão se encaixava no tema, acabei escolhendo tanto pela trama me parecer legal quanto por ser dela mesmo. Não me decepcionei, mas também não foi o melhor dos livros dela que já lí.
Lucius Daventry é um barão que, na juventude, foi um do homens mais belos da Inglaterra, mas, durante a guerra, tem parte do rosto destruído por um tiro e perde as belas feições que o fizeram famoso. Amargurado, Lucius volta para casa com uma máscara que cobre parte de sua face e passa a se esconde da luz do sol que parece querer castiga-lo e também das pessoas que o encaram como se ele fosse um monstro. Já Ângela Lacewood, vive de favor na propriedade dos tios e já se conformou em não ser notada nem amada por nenhum membro da família, exceto talvez, por seu jovem irmão, que tenta fazer carreira militar e não vive com ela.
Nada parecia ligar as vidas tão diferentes de Lucius e Ângela, até que, por um capricho do destino, os dois se tornem noivos por conveniência – durante o prazo de três meses- e a partir daí, nenhum dos dois será mais o mesmo.
Eu gostei muito de Ângela. Obstinada, carinhosa e leal à seus sentimentos. Quando ela se descobre apaixonada pelo barão, tenta de todas as formas fazer com que ele esqueça o acordo de noivado e realmente case com ela. Lucius, apesar de ter motivos para ser orgulhoso e desconfiado, me irritou muito em algumas partes do livro. Ele não aceita de jeito nenhum as declarações de Ângela de que podem ser felizes juntos e acaba fazendo ela sofrer mais do que devia em razão de seu temperamento teimoso.
É um livro bem bonitinho no geral, mas a obstinação de Lucius, mesmo estando apaixonado, de ficar longe de Ângela foi um pouco cansativa e me fez ler mais devagar. Mas na soma, vale a pena ser lido. Deborah Hale é sempre um ganho =)

Nota: 3

27 de fev de 2011

Maratona de Banca 2011!

Se teve algo que adorei fazer em 2010 foi participar do Martona de 
Banca. A proposta: ler um livro de banca por mês com tema específico  e postar! Os 12 livros de 2010 foram devidamente postados e devo dizer que foi muuuito divertido. Alguns livros eu tinha muita vontade de ler, outros nem tanto (Florzinha eu continuo não gostando). Alguns temas me encantaram e eu passei a ler mais depois. É uma leitura leve e, muitas vezes, as histórias são tão bem boladas que poderiam ser publicadas em formato maior e vendidas como 'livraria'.
Muita gente torce o nariz pra livro de banca mas nunca se deu o trabalho de comprar um e ler. Ou tentar. - é pornografia, é romancesinho, é coisinha de mulherzinha, coisa de gente que não sabe nada sobre literatura, (eu sei um bocado sobre literatura, muito bem, obrigada.).
Então se você nunca experimentou, vai até uma banca, compre um Histórico (são os melhores) com uma capa bem linda e se dê ao luxo de tentar ler. Se você tentou e não gostou... pelo menos sua opinião tem fundamento!

Findada a lista de 2010, já bolei a lista a ser lida em 2011:

Março- A Bela e o Barão- Deborah Hale
Abril- Tentação no Deserto- Susan Mallery 
Maio- Corações Indômitos-Ruth Langan
Junho- Irresistível Mister Ghost- Rebecca Flanders 
Julho-Simplesmente Mulher- Bronwyn Williams
Agosto- Desejo e Obsessão-Emma Darcy:
Setembro- A Sedução do Príncipe- Karen Toller Whittenburg
Outubro- Coragem de Mulher- Lyn Stone
Novembro- Um Herói para Amar- Linda Castillo
Dezembro- Amor Lapidado- Rebecca Winters
Janeiro- O Destino Quis Assim- Rosemary Rogers
Fevereiro- Irresistível paixão- Emily French

Ansiosa pra começar! O primeiro tema é '"Nem tudo é o que parece" e o livro precisa tratar então de mocinhos, ou mocinhas que possuam alguma deficiência física, ou cicatriz.
Amanhã mesmo já começo a ler!

Beijokas romancescas.
 
 

22 de fev de 2011

Maratona de Banca: Fevereiro- Protagonista Estrangeiro



Um Conto Árabe- Penny Jordan 

(The Sheikh’s Virgin Bride) Julia nº 1256


Uma doce descoberta...

Petra foi prometida pelo avô ao rico e cobiçado sheik Rashid. Mas a intenção dela é evitar a qualquer custo o casamento, nem que seja preciso prejudicar sua própria reputação para que o sheik não a aceite como esposa. Petra, então, pede ajuda a Blaize, um homem extremamente charmoso e atraente que está hospedado no mesmo hotel que ela.
Blaize concorda em fingir que é namorado de Petra e, com isso, ajudá-la a manter o sheik Rashid a distância e a livrar-se de um casamento indesejado. Mas a situação se complica quando Petra não resiste aos encantos masculinos de Blaize e se a ele... para logo fazer uma descoberta surpreendente: Blaize é, ninguém mais, ninguém menos, que o homem que ela deveria desposar... o sheik Rashid!

Petra é uma  linda, inteligente e blá, blá, blá,  jovem herdeira de um império, que está prometida por um casamento arranjado a um sheik todo poderoso- que não conhece- e que também é dono de um império.  Totalmente infeliz com o arranjo, a pobre Petra resolve manchar sua reputação, na esperança de que o tal sheik lhe dê um pé na bunda e ela possa continuar pelo mundo procurando um amor verdadeiro que lhe dê flores, romance e Paris.  Para tal, ela contrata o serviço de um professor de surf lindo e gostoso que tá dando mole na praia em que está hospedada para ajudá-la no plano. Então, a coitadinha da Petra que não quer o Sheik, se apaixona pelo professor. Óbvio. 
E é óbvio, que o tal professor é o tal do sheik. *Penny Jordan, original como sempre, cof, cof, cof* 
E também é obvio que ela vai descobrir. E vai ficar bem indignadinha. 
Porque razão Rashid enganou ela, é mais um daqueles mistérios masculinos. E porque razão ela não se jogou nos braços dele  depois, mesmo estando total apaixonada, é mais um. É a ladainha de sempre: você me enganou e etc, etc, etc. 
Não gostei. O livro é chato do começo ao fim, Petra é bobinha e se eu fosse Rashid teria mesmo dado um chute nela. Não vale a leitura. 

15 de fev de 2011

Quote do Dia...

“Aprendemos que Deus nos criou à sua imagem, mas não são nossos corpos físicos que se assemelham a Deus, são nossas mentes.
É esse o verdadeiro presente, Robert, e Deus está esperando que entendamos isso. Pelo mundo todo ficamos olhando para o céu à procura de Deus… sem nunca perceber que Ele está esperando por nós. Nós somos criadores, mas ainda assim ficamos ingenuamente fazendo papel de criaturas. Vemos a nós mesmos como ovelhas indefesas, manipuladas pelo Deus que nos criou. Nos ajoelhamos como crianças assustadas, implorado ajuda, perdão, boa sorte.
Mas, quando percebermos que somos  realmente feitos à imagem do Criador, vamos começar a entender também que nós também devemos ser criadores. Assim que entendermos esse fato, as portas do potencial humano irão se escancarar”
O Símbolo Perdido- Dan Brown 

8 de fev de 2011

Alguns links bacanas!

Sumida, sumida, estou dando um tempo geral da blogesfera como eu faço pelo menos uma vez por ano.
Tô aproveitando minhas super férias forçadas- fui demitida haha- pra ler muito (11 livros só em Janeiro!), dormir até tarde, assistir todas as séries que estavam empacadas e encaminhas minha Carteira de Habilitação!
Continuo estudando- quem diz que História é sempre a mesma coisa não lê as notícias que pipocam todos os dias por aí- e e estudando. Tudo de boa.
Então pra tirar a poeira daqui, deixa eu compartilhar alguns links legais que ando visitando ultimamente:


  • O Tumblr é um microblog extremamente popular por hora, que conquistou um público imenso, simplesmente por ser... simples. Compartilhas fotos, pequenos textos e citações de forma bem bonitinha é quase uma terapia. Eu tenho um, o  frases roubadas e adoro!

  • Já imaginou um 'Orkut' só sobre História? Ele existe. o Rede Histórica é uma rede social voltada só pra quem curte o assunto. Óbvio que já estou lá! O mais bacana do site é que ele é atualizado o tempo todo com vídeos, textos, artigos e etc que ajudam em pesquisas e matam a curiosidade sobre diversos assuntos.

  • Quem me acompanha sabe que sou apaixonada pelos livros da série O Cirurgião da Tess Gerritsen. Pois bem, aproveitando o sucesso da trama, a TNT investiu e criou uma série baseada no dia-a-dia da médica legista Maura Isles e da detetive Jane Rizzoli, personagens principais dos livros. Como crítica meio ferrenha de adaptações, eu fui assistir com um pouco de medo, mas logo de cara tive que engolir a desconfiança: a série ficou ótima! Jane é interpretada por Angie Harmon ( de Law & Order) e Maura foi entregue aos cuidados de Sasha Alexander (de  NCIS ). Pra baixar a série e conferir é só clicar Rizzoli and Isles  (Eu só teria sido um pouco mais criativa quanto ao nome da série, mas né...).

  • Moda? Just Lia ! O blog é lindo e bastante útil (eu vivo por lá fuçando o 'Como Usar').

  • Pra quem vai ir agora ou daqui a algum tempo para Londres, no Blog Borboletando da Victoria há uma boa lista de dicas sobre compras, taxas, valores e etceteras indispensáveis pra quem quer gastar na medida em compras por lá (eu nem fazia ideia de que existia a isenção de VAT). Vale a pena saber. 
Curtam e me contem como anda a vida de vocês! Em breve eu volto, e vou dar uma renovada no visual do Arabesque ;) 

19 de jan de 2011

Maratona de Banca: Janeiro- Diana Palmer





Mensageira do Amor - Diana Palmer
Momentos Íntimos Super 9, Nova Cultural, 1985 (Love by Proxy)



"Vestida de odalisca e ensaiando passos da dança do ventre, Amelia Glenn invade o escritório de Wantword Carson e dá-lhe um beijo na boca quando aceitou levar um "telegrama falado" ao maior magnata da construção de Chicago,ela esperava tudo,menos encontrar um homem irresistível capaz de despertar seu desejo"


Diana Palmer é uma das divas dos romances de banca- e fora de banca- preferidas das apaixonadas pelo gênero. Famosa por seus caubóis e demais mocinhos durões, que nunca sabem dar o braço a  torcer, ela possui um público fiel que sabe que, ao final, ela sempre fará eles se renderem aos encantos de uma mulher. 
Mensageira do Amor não é de caubóis aflitos mas possui todos os ingredientes de um romance de Palmer. Amélia é uma divertida e linda virgem de 28 anos (difícil de crer, mas é), que ao entregar um telegrama cantado ao inatingível Sr. Carson entra em uma tremenda confusão. Sem que perceba, ela está trabalhando na casa dele para a sua querida e fofa vovó que gosta de puro rock n'roll e  ficando caidinha de amor por ambos. Carson é genioso e ela é impulsiva. Entre brigas e beijos, eles precisam arranjar uma maneira de conviver aceitando seus temperamentos. Do contrário, ambos sairão feridos. 
A história é rapidinha de ler e bem divertida. Caracteriza bem a Momentos Íntimos vendida durante a década de 80 , que para mim, até hoje foi a melhor época da MI (hoje os livros da coleção são bem sem gracinha). 
Recomendo! 

12 de jan de 2011

Lidos em 2010



Depois de conferir com calma a lista dos livros lidos em 2010, posso concluir que foi um ano ótimo! Minha meta estipulada (é a única coisa que prometo no começo dos anos =p) era de ler no mínimo 50 livros. Porque eu gosto, porque me faz bem...porque sou uma viciada. No final das contas, a leitura andou tão bem que consegui, pela primeira vez, chegar a 74 livros lidos em um ano '-' Fiquei louquinha de feliz, e já aumentei a quota de 2011!
Foi um ano bem misto. Romances, suspense, clássicos, livros de banca...teve  de tudo. Nora Roberts levou a melhor na lista e foi a mais lida, tanto por causa de romances de banca, quanto pelos publicados pela Bertrand e a Série Mortal, que ela escreve sob o pseudônimo de J.D.Roob. Ela abriu meu ano, e fechou também. Duas boas e promissoras surpresas: Bernard Cornwell, que lí pela primeira vez e achei fantástico e Chelsea Cain com sua louca e cativante psicopata Gretchen Lowel, em Coração Ferido que me deixou viciadinha querendo a continuação. Um destaque pra Tess Gerritsen com O Pecador e Jardim de Ossos que é minha dama mor do suspense médico e ganha meu amor sincero cada vez que eu abro um livro dela '-' 
Até tentei, mas esse ano não consegui escolher um favorito, foram vários. É quase um crime deixar alguns de fora!
Segue a listinha. Quero saber se vocês leram algum, ham! 

  1. Beijos que Conquistam- Nora Roberts
  2. O Segredo de Shakespeare- J. L. Carrel
  3. Destinos Entrelaçados- Cheryl Reavis
  4. Amor Eterno- Barbara Cartland
  5. Hannibal, a Origem do mal- Thomas Harris
  6. Harry Potter de A a Z- Aubrey Malone
  7. Uma Dama Espanhola- Gayle Wilson
  8. Fogo Apache- Elizabeth Lane
  9. O Discurso do Método- Renee Descartes
  10. No Jardim das Tulherias- Louise rawlings
  11. A Dança da Sedução- Nora Roberts
  12. Irresistível Sedução- Lori Foster
  13. Shadow Kiss- Richelle Mead
  14. Succubus Blue- Richelle Mead
  15. A Guardiã da Meia-Noite- Sarah Jane Stratford
  16. Succubus On Top- Richelle Mead
  17. Blood Promise- Richelle Mead
  18. Escolhida- P.C Cast e Kristin Cast
  19. Ardente Rendição- Amy Fetzer
  20. O Império de Carlos Magno- José Roberto Mello
  21. A Tentação do Lobo- Carol Finch
  22. O Reverso da Medalha- Sidney Sheldon
  23. Um Acordo Arriscado- Nicole Foster
  24. Fora de Controle- Erik Durchiemed
  25. Opúsculo- The Harvard Lampoon
  26. Lições do Coração- Glenda Sands
  27. A Breve 2° Vida de Bree Tanner- Stephenie Meyer
  28. Não Desafie o Coração- Johanna Lindsay
  29. Mulherzinhas- Louisa May Alcott
  30. Indomada- PC Cast e Kristin Cast
  31. O Condenado- Bernard Cornwell
  32. Tutancâmon- Christian Jacq
  33. A Carícia do Vento- Janet Dailey
  34. Nas Areias do Deserto- Susan Mallory
  35. Amor Nunca é Demais- Nora Roberts
  36. A Rosa do Inverno- patrícia cabot
  37. A Casa das Máscaras- Candace Camp
  38. A Deusa do Gelo- Debra Lee Brown
  39. Succubus Dreams- Richelle Mead
  40. Jardim de Ossos- Tess Gerritsen
  41. Succubus Heat- Richelle Mead
  42. Querido e Devotado Dexter- Jeff Lindsay
  43. Para Sempre- Alyson Nöel
  44. As leis de Allie Finkle para Meninas- Meg cabot
  45. As duas vidas de Adrienne- Nina Beaumont
  46. Julgamento Mortal- JD Robb
  47. Meia Noite Mortal- JD Robb
  48. Querido John- Nicholas Sparks
  49. O Saber em Jogo- Alicia Fernández
  50. Vencidos pelo Desejo- Gladys Posmik
  51. Orgulho e Preconceito- Jane Austen
  52. Um Livro Por Dia- Jeremy Mercer
  53. O Coração de Devin Mackade- Nora Roberts
  54. Duelo de Amantes- Charlene Sands
  55. Eu Sou a Lenda- Richard Matheson
  56. O Rei e o Camaleão- C.N. David
  57. O Segredo do Guerreiro- Deborah Hale
  58. Succubus Shadows- Richelle Mead
  59. Você Como Recompensa- Valerie King
  60. Sedução Mortal- J.D. Robb
  61. Glória Mortal- J.D. Roob
  62. Hollywood, Fábrica de Ilusões- Kathryn Thiels
  63. Uma Garota e Um Caubói- Debrah Morris
  64. Traição Mortal- J.D. Roob
  65. Reencontro Mortal- J.D.Roob
  66. O Natal de Poirot- Agatha Christie
  67. A Sedução de Ellen- Nan Ryan
  68. Feitiço Branco- Bronwyn Williams
  69. O Retorno de Rafe MacKade- Nora Roberts
  70. Resgatado pelo Amor- Nora Roberts
  71. Coração Ferido- Chelsea Cain
  72. Os Irmãos Stanislaski: Alex, um Amor a Despertar- Nora Roberts
  73. O Pecador- Tess Gerritsen
  74. Virtude Indecente- Nora Roberts