Páginas

8 de out de 2010

Dicas de Sexta

Porque Sexta-Feira é um dia bom, nada melhor do que começar ele com um livro, um filme ou uma música. Vou compartilhar com vocês os escolhidos da semana.
E vocês? o que indicam para o final de semana? =)


Livro: Orgulho e Preconceito (Pride and Prejudice), Jane Austen.Na verdade eu vou resenhar o livro por esses dias, 
mas a vontade de gritar aos quatro ventos o quão maravilhoso ele é, fica coçando a garganta =D. Da Jane, eu havia lido Sense and Sensibility há um tempo e assistido as mais recentes adaptações (inclusive fiz uma resenha de S&S aqui no blog que, relendo agora, percebo ter sido injusta na minha opinião ou no mínimo não ter entendido direito). Em relação a P&P, depois de lido eu entendo o porque de haver uma adoração tão profunda em relação a Mr Darcy. É imposível não desejar ardentemente ter um em sua vida =p. Elizabeth Bennet e Darcy são as faces vivas do orgulho e do preconceito lutando contra  razão e a sensibilidade (sem trocadilhos), sendo vítimas do começo ao fim  de suas próprias opiniões e, às vezes, da omissão das mesmas. Um luxo de livro!
(E sim, Matthew MacFadyen é o meu Mr. Darcy =p )


Filme: Rei Arthur (2004). Sou apaixonada por esse filme e não me importo de assistir sempre que possível. Primeiro porque tem no elenco a miss inglesa Keira  Knightley, que nem semi-nua e verde consegue ficar feia e Clive Owen... quem..oum..oum... Bem, ele nem precisa de muita explicação. O que eu mais gosto nessa adaptação- e é  o motivo de desgostos para muitos- é a visão nova sobre os personagens. Guinevere- Keira- não é a noiva prometida, casta e católica, Arthur não é um bretão convicto e Lancelot é leal até o fim. Eles são mais reais e menos lendários e a trama segue como um fato e não um conto.  Pra que curte a cena arthuriana, vale muito a pena assistir.

Música: Learning To Breathe- Switchfoot. A banda é conhecida pelas baladinhas que volta e meia estão presentes em trilhas sonoras (se você assistir Walk To remember vai lembrar de 'You'), e merece atenção visto a qualidade das músicas. Nada surpreendente, mas Switchfoot é um daqueles achados raros em que, um CD inteiro, pode ser ouvido, ouvido, ouvido por horas... Learning to Breathe vemd e um disco com o mesmo nome e é uma delícia de se escutar a qualquer hora do dia.