Páginas

2 de mai de 2010

Errata

Conhecimento compartilhado é sempre um presente que a gente ganha.
Bem, eu tenho uma amiga querida que volta e meia me dá esses presentes e o último foi no meu post do 'Fausto e o mistério da literatura pop' em que eu, precipitadamente, acabei usando 'clássicos' para toda uma linha de livros antigos e Samara me ajudou revelando uma diferença no termo.
Segue:

"É que é legal diferenciar entre clássico e cânone. Clássico é aquilo que foi bom para várias gerações, que venceu o tempo e continua tendo significado para as pessoas muito tempo depois de escrito porque fala de algo que está na alma humana, numa camada bem profunda.
Cânone é o que os tiozinho da academia diz que é o mimi e vai pra lista do vestibular e é escolhido para ser lido nas disciplinas do curso de letras. Por isso nem todo cânone é clássico e nem todo clássico é cânone. Existem clássicos pop, mas poucos estão no cânone."

Entendido e ampliado =)

Quem quiser acompanhar Samy, ela está no Dia-a-Dia de uma Mente Inquieta