Páginas

2 de mai de 2010

Errata

Conhecimento compartilhado é sempre um presente que a gente ganha.
Bem, eu tenho uma amiga querida que volta e meia me dá esses presentes e o último foi no meu post do 'Fausto e o mistério da literatura pop' em que eu, precipitadamente, acabei usando 'clássicos' para toda uma linha de livros antigos e Samara me ajudou revelando uma diferença no termo.
Segue:

"É que é legal diferenciar entre clássico e cânone. Clássico é aquilo que foi bom para várias gerações, que venceu o tempo e continua tendo significado para as pessoas muito tempo depois de escrito porque fala de algo que está na alma humana, numa camada bem profunda.
Cânone é o que os tiozinho da academia diz que é o mimi e vai pra lista do vestibular e é escolhido para ser lido nas disciplinas do curso de letras. Por isso nem todo cânone é clássico e nem todo clássico é cânone. Existem clássicos pop, mas poucos estão no cânone."

Entendido e ampliado =)

Quem quiser acompanhar Samy, ela está no Dia-a-Dia de uma Mente Inquieta

5 comentários:

  1. Boba.>< Assim eu fico sem graça.

    ResponderExcluir
  2. fazia tempo q não vinha aqui, adorei o novo layout e... meus alunos sempre confundem qdo falo de design canônico... mas é isso ai.

    bjo

    ResponderExcluir
  3. 'O Paciente Inglês' filme, é pra sonhar na interpretação do atores, são um espetáculo! O livro, sempre,sempre,sempre é melhor, né gata?! eu fico com ambos!
    eu adoro suas dicas de literatura!!
    beijocas
    :)

    ResponderExcluir
  4. oi tem selinho para vc lá no meu blog bjsssss

    http://acordeicomvontadedeler.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Hum, não sabia desta diferença. Para quem é estudande de história, como eu, essa conhecimento partilhado vai fazer diferença rsrs.

    Beijos, querida. Té amanhã na aula

    ResponderExcluir

Faça uma pessoa feliz e comente esta postagem!
Saber a opinião de um leitor é muito importante pra que a gente saiba se o blog está legal ou não =)