Páginas

1 de ago de 2009

Twittando

Por um tempinho -indeterminado- eu guardei as canetas, peguei meus lápis de cor e fui brincar no maior Disneyworld internético que existe: o Twitter.
Estou adorando.
Frases soltas. Desconexas. Rápidas. Sem sentido. Falar abobrinha. Falar coisa séria. Receber um recado daquele cantor americano que você ama e pasmem, é ele mesmo! Escrever 'nabo', se você quiser escrever 'nabo', mesmo que na verdade queria falar 'cenoura'. Saca a ideia?
O Twitter é o celeiro de loucos mais divertido que existe.
E eu estou pululando por lá, numa page total escandalosa, cheia de rosa e frufrus. Afinal, qual a razão de ir pro parque sem aproveitar todas as cores e o algodão doce? \o/
.
[e o blog, meu filho mimado chora pedindo atenção]