Páginas

6 de set de 2008

Divas? Sim!

Eu tenho minhas divas de cinema, tenho as divas literárias [porque não?] e algumas da TV. Mulheres bonitas ou não, que admiro muito por uma série de fatores e que me fazem desejar ser um pouquinho igual.
E obviamente na dança isso também ocorre. Tava pensando ontem em quem são minhas divas da dança. Pensar em diva talvez remeta as bailarinas mais antigas e tal, mas elas não são minhas divas. Eu quase sempre sou do contra.
Sei um pouco sobre elas e suas influencias, reconheço tudo que fizeram pela dança, mas não vou mentir. Meu foco agora é nas atuais, nas que ainda posso encontrar pelo caminho e que influenciam na minha dança agora. Eu assisto a Naima Akef, mas não tenho nenhuma vontade de dançar como ela... Admiro, reconheço, aceito. Mas não quero. errada?
Tenho esse direito. Talvez daqui há uns anos pense diferente.
Ainda há tempo de me embrenhar nas raízes e descobrir a essência. Por enquanto vou aproveitar a fase de descobertas e gostar das que bem entender. Odeio aquela pressão que já por aí do tipo : Você pode admirar as novatas, mas ame as antigas. Elas são o que há. O resto é resto. Idolatre Samia Gamal. Não a Ju Marconato.

Eu vou idolatrar quem me der na telha, caramba.
E por isso vou catar meus videozinhos e contar minhas divas do Arabesque, para os próximos posts!

Ah e também o solo...uhuuu muita coisa pouco tempo. Quando abrir uma brecha eu posto sobre isso.

2 de set de 2008

Without A Trace

Troquei o Baladi de Fairuz por Yasamina.


Geez.